• pt-br
Menu

Conjuntivite o que é e como evitar

30 novembro 2015,   By ,   0 Comentários

Mitos e verdades! A Dra Helena Ricci nos explica o que é a conjuntivite, uma das manifestações inflamatórias mais comuns nos olhos… mas possível de ser evitada.

Conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva (tecido fino que recobre o olho e parte interna das pálpebras).

O que é a Conjuntivite

A conjuntivite possui diversas causas: alérgica, contato com substâncias irritantes (ex: cloro de piscina), e infecção por vírus, bactérias e fungos. Tem como principal sintoma hiperemia ocular (olho vermelho), coceira, sensação de areia/ irritação, lacrimejamento e às vezes podem também apresentar secreção e edema das pálpebras.

Raramente cursa com diminuição da visão! Pacientes com irritação ocular, olho vermelho acompanhado de dor e diminuição da visão, podem estar com outros diagnósticos mais graves e devem ser examinados por um oftalmologista!

As conjuntivites virais são as mais comuns, aparecem subitamente e duram de 1 a 4 semanas resolvendo-se espontaneamente. Não existe tratamento especifico e o próprio organismo encarrega-se de resolver a infecção. O oftalmologista pode prescrever colírios ou compressas de água filtrada e fervida, e geladas para aliviar os sintomas. Poucos pacientes apresentam complicações e nestes casos, o tratamento específico deve ser realizado.

As conjuntivites alérgicas, bacterianas e fúngicas têm tratamentos específicos que devem ser iniciados o mais breve possível. Recém nascidos e usuários de lente de contato sem higiene adequada têm maior chance de adquirir conjuntivites bacterianas e devem ser sempre examinados no início dos sintomas.

As conjuntivites alérgicas e irritadiças não são contagiosas, porém as infecciosas são, principalmente as virais! Adquire-se a conjuntivite levando a mão contaminada ao olho (para coçar, por exemplo) e o paciente com conjuntivite estará transmitindo esta conjuntivite da mesma forma enquanto ela estiver em atividade.

O que é a Conjuntivite, BTE

Sendo assim, para evitar adquirir ou transmitir conjuntivite devemos:

-Não coçar os olhos

-Lavar as mãos com freqüência, lavar o rosto diariamente.

-Utilizar lenços descartáveis de uso único.

-Não dividir toalhas e roupas de cama.

-Não dividir maquiagens (rímel, sombra, lápis).

-Higienizar superfícies que entraram em contato com o paciente com conjuntivite ativa utilizando álcool (maçanetas de portas, teclado de computador etc…).

-Evitar aglomerações e piscinas de clube/academia.

Na dúvida não se automedique!

Alguns colírios podem agravar o quadro. Procure seu oftalmologista!

DEIXE UM COMENTÁRIO







Já assistiu?
Banner