Lançamentos Archives | By The Eyewear
Alexandre Vauthier x Alain Mikli

Alexandre Vauthier transformou o Grand Palais em um clube de discoteca retro-futurista para mostrar sua coleção de alta costura SS18.

Ontem à noite, o icônico Grand Palais foi transformado em uma discoteca à lá anos 80, com luzes de neon e modelos vestidas com ombreiras exageradas, uso excessivo de tecidos formando drapeados, decotes, tules e couro. Mas a cereja do bolo ficou a cargo dos acessórios. Chapéus militares, botas de couro, broches dourados e os óculos! Que óculos mais maravilhosos criados a quatro mãos com o mago Alain Mikli.

Alexandre Vauthier Couture Spring 2018

Pausa rápida para uma pequena contextualização. O designer de óculos Alain Mikli é um dos mais importantes da sua geração; muitos podem argumentar que ele é o responsável por transformar os óculos em objeto sexy e em um real acessório de moda. Desde o lançamento da marca homônima em 1978, Mikli é conhecido por criar campanhas provocativas, criar peças que marcaram época e foi quem “vestiu” o rosto da musa Grace Jones durante as décadas de 80 e 90. Mais recentemente ele colaborou com Jeremy Scott na criação de óculos coloridas que revisitam seu icônico óculos de sol assimétrico dos 80s, que estampou editoriais nos rostos de famosos como Dave Bowie.

Dito isto, na noite passada, o mundo conheceu esta colaboração nova e extremamente interessante. Os óculos são inspirados no próprio desfile de Vauthier e no trabalho de fotógrafos de moda como Helmut Newton e Guy Bourdin. Para esta coleção foram criados três modelos que visitam nitidamente os arquivos dos anos 80 de Mikli: Edwidge, Edwidge jewelled, Roselyne e Nadége.

Edwidge e Edwidge jeweled são o modelo ‘porta-voz’ do conceito da colaboração: uma mulher francesa moderna com ar retro e muita, muita força. Este design retangular bem raso e as lentes super escuras são emblemáticas deste mood undergroud. Roselyn, também inspirada pelo arquivo de Mikli, é um óculos ultra-feminino oversized adornado com cristais. Nadége é futurista, industrial e limpo com uso excessivo de metal e de conceitos militares, super presentes na passarela de Vaulthier.

A campanha de lançamento da colaboração dos óculos foi fotografada pela dupla Mert & Marcus e traz a divina maravilhosa Kate Moss como musa. A coleção estará disponível a partir de abril de 2018.

“As mulheres que usam minhas coleções em todo o mundo são sensuais e poderosas e essa colaboração com Alain Mikli foi feita para essas mulheres ousadas e inspiradoras”.

Thom Browne eyewear 2017

Thom Browne fez mais um happening durante a semana de moda de NY. Desta vez ele trouxe a vibração de Palm Beach dos anos 60 para Manhattan, e o fez em grande estilo, no melhor clima: sonho de um dia de verão, em pleno Chelsea.

De acordo com uma entrevista publicada no site WWD, Browne queria criar uma atmosfera: “Slim-Aarons-encontra-David-Hockney-encontra-fun-pool-party”, referenciando o mood lânguido capturado por Aarons em suas famosas fotos em Palm Beach.

Esta foi a pool party mas plástica, geométrica e milimétricamente calculada que já existiu. Não houve nenhum respingo ou fios fora do lugar. Os biquínis, eram obviamente de cashmere, afinal, why not? Trompe l’oeil foi literalmente trabalhado em todas as peças. O que à primeira vista pareciam ser saias, camisas, ternos e casacos divinamente sobrepostos, revelaram-se peças únicas, bordadas com todo efeito e precisão de um mestre do ilusionismo.

O que nos leva ao óculos de sol: Um show dentro do show.

Todas as modelos (sim, todas) entraram de óculos e enquanto despiam as demais peças para revelar camadas e subcamadas, os óculos permaneceram deslumbrantes em seus rostos. Os modelos foram desenhados especificamente para este desfile, e trouxeram a maestria técnica de Thom Browne, conhecido por trabalhar muito bem metais e lentes base zero, à cena.

Se as roupas eram românticas e tinham aquele apelo vintage, as armações eram inusitadas e bem vanguardistas. As lentes todas espelhadas, e a brincadeira maior se deu nos recortes, e apliques tanto nas frentes como nas hastes que referenciavam diretamente elementos do oceano, como: peixes, baleias, âncoras, e boias. Pura diversão!

Bravo!

Havaianas Eyewear

Quando soubemos do lançamento da coleção de eyewear das Havaianas a primeira coisa que veio à mente foi: Por que demoraram tanto tempo? É inconcebível ir à praia sem chinelos e menos ainda sem óculos de sol, né?

Chegam às lojas das Havaianas e às óticas em Agosto a primeira coleção de eyewear da marca, produzida na Itália pela Safilo.

Os óculos da coleção Havaianas eyewear trazem o espírito do verão brasileiro com muitas cores e combinações inusitadas, que assim como as sandálias, vão da areia das praias para os centros urbanos. A linha possui 4 modelos de óculos de sol, com tamanhos e cores variadas, batizados com nomes de famosas praias brasileiras, são elas: Rio, Paraty, Trancoso e Noronha.

Além destes quatro shapes, a coleção tem um modelo especial batizado de Brasil. O único óculos da coleção produzido em acetato, e que possui layers nas cores da bandeira nacional. Em tempo dos jogos olímpicos.

Os óculos são produzidos em três materiais: borracha (com a mesmíssima textura das havaianas), acetato e poliamida transparente (material mais flexível e confortável), em tamanhos que vão do pequeno ou júnior ao grande. Já as lentes possuem proteção UVA/UVB com diferentes finalizações: sólida em preto ou marrom, gradiente (com graduação de cores de escura a clara) e espelhada. Todos os modelos são unissex.

Não por acaso os óculos seguem as cores das sandálias deixando mais do que evidente que óculos deve ser sim coordenado com o look! Ir à praia tomar sol adquiriu uma conotação bem mais descolada.

Matter by RetroSuper future

A italianíssima RetroSuperFuture acaba de adicionar dois modelos divertidos ao seu mix.

Matter é o que se propõe ser: a matéria, a essência e o que importa. São dois modelos, ambos focam na transparência e apostam no shape redondo. As lentes conversam diretamente com tom do acetato, seja amarelo ou rosa. Simples, bonito e jovem.

Nesta entre-safra, invés de focar em inovação a Retro voltou à essência do desenho dos óculos e propõe isto mesmo, o mínimo.

Por enquanto as peças estão à venda esxlusivamente no e-commerce da marca.

Givenchy eyewear 2016

Haute couture lovers, preparem seus corações e suas carteiras! A coleção SS2016 de óculos da Givenchy chegará às lojas em janeiro de 2016. A grade trará óculos de sol e de grau! Yeah!

Ricardo Tisci não nos decepcionou, claro. São 4 modelos distintos: “Rave” – jovem, urbano, audacioso, um namoro entre o street style e o esporte cool; “Style” – avant-garde com forte influências arquitetônicas; “Icons” – uma releitura das armações da maison com um frescor digno de 2016 e do olhar de Tisci; “Star” – atemporal com um detalhe sofisticado em forma de estrela na lateral.

As peças trabalham o mesmo DNA seco, forte e sofisticado presente nas passarelas. Traços firmes, atenção aos detalhes, cores fechadas e nada de estampas ou delicadezas. As peças são todas unissex.

Só de bater o olho já me derreti pelo “Staple”. Sofisticado, cor de tabaco, arredondado sem ser Le Corbusier. Uma peça icônica.

É gata

 É gata, você já pode comprar seu mimosinho a lá Gisele

Já deixamos mais do que claro que óculos é um necessório, a Marie Claire fez entrevista na qual cientistas provam (por A + B) que os óculos são um dos 7 acessórios que te tornam instantaneamente mais atraente, e numa boa, não custa nada tentar ficar gata como a über model né?

Precisa de mais um incentivo? Corre pra Colcci, a linha Eyewear está maravilhosa e com um preço que cabe no seu bolso. Não vai fazer feio no final do ano e por favor, não vá à praia de novo usando seu aviador… vamos inovar?

A linha eyewear agora conta com a presença do modelo Janis: ultraleve, as hastes são finalizadas com detalhes metálicos e o formato é o badalado oversized (releitura da Jackie O) tão usado abusado e desejado no mundo da moda. Um dos modelos vem com exclusiva textura em couro. A cartela de cores abusa dos tons marrons/tartaruga, passando pelo azul escuro e marsala, além do básico preto, com as lentes espelhadas e polarizadas degradês.

A coleção Janis, estrelada por Gisele Bündchen, pode ser encontrada nas lojas da marca, e-commerce e principais óticas do país e custa R$349,00. #DicaTop, vai!

Frames of Life

“A beleza está nos olhos de quem vê”

Partindo desta premissa, e sabendo que os óculos são mais do que uma ferramenta para enxergar, mas um meio para quem quer ver, Armani lançou uma campanha poética e cinematográfica para a linha FRAMES OF LIFE.

“As armações da coleção Frames of Life foram pensadas para personagens especiais e para as pessoas que como eles querem ver o mundo com seu coração e sua alma, não apenas com seus olhos. Porque os óculos são uma maneira de capturar uma série de instantes únicos que perfazem nossas vidas”.

São 5 personagens, com cinco histórias diferentes, cinco maneiras particulares de enquadrar o mundo, e cinco gostos diferentes. Os filmes são em preto e branco, bem inspiracionais e emocionais. O trabalho final é magnífico. Não é uma campanha tradicional, não é propaganda que te leva à compra, ao contrário, te seduz e te faz perceber que você também pode fazer parte, também pode enxergar o mundo por este mesmo prisma, ou através da mesma armação que os personagens da telona.

Os óculos apresentados seguem a linha clean, simétrica e elegante da Maison Armani, mas o fato de ele ter usado storytelling, personagens jovens, e destemidos, trás uma jovialidade e uma descomplicação que os anúncios tradicionais da marca não conseguem.

Seguindo nesta toada de lentes de cinema vis à vis lentes para a vida, projeto este que começou em 2012, Armani levou a narrativa e suas armações um passo além. Junto com a emissora italiana RAI se juntou a 6 escolas de Cinema no mundo e viabilizou a produção de 6 curtas por estudantes de 6 países: City of frames. As histórias têm os óculos da coleção Frames of Life e o olhar dos personagens como fio guia. Sugiro uma pausa para esta mini sessão de cinema com uma bela armação no rosto!

Cheers!

Papo de bar: Andy Warhol

Querida #specsaddict, está precisando de assunto para aquele papo de bar na sexta?

Tá na mão!

Sabe a coleção que deu o que falar e ainda está reverberando nas redes sociais? E que já foi vista no rosto de famosos e famosas? Trata-se da coleção Super x Andy Warhol…  Agora, sabe dos detalhes que deram vida a esta coleção-cápsula?

O time de criação da italiana Retro Super Future fuçou na fundação Andy Warhol e descobriu ilustrações do artista dos anos 50. Os desenhos trazem mulheres elegantes usando óculos imaginados à la Warhol. Os modelos seguem a personalidade da usuária (uh-la-la).

As peças da Retro foram batizadas com os nomes das festeiras que frequentaram a Factory do Warhol, são elas: Babybaby, Nicolou, Velvetdarling e Ultracandy, obviamente cada modelo traduz de certa maneira a personalidade da modelo/ilustração que deu origem ao produto. A edição limitada traz a assinatura do Andy no interior das hastes e é item obrigatório na coleção de qualquer #specsaddict, e porque não, no rosto de mulheres e homes ousados que queiram ver cabeças virarem!

 


Já assistiu?
Tem mais