Eye Bob's Archives | By The Eyewear
Quando seu braço ficar curto demais

O que fazer?

Antes de atirar pedras (a internet está com esta mania de escrutinizar e fazer bullying com todo mundo para ver quem consegue mais popularidade) vamos colocar as coisas em perspectiva. Eu ainda não tenho 40 anos e não uso óculos para ler. Por ser míope eu possivelmente não terei que comprar estes óculos jamais. E mesmo assim, cá estou como sempre enaltecendo os óculos.

Enaltecer o amadurecimento (yeah, classy) talvez não seja bem o termo. Digamos que é um fato natural da vida, quem está nesta fase por favor me corrija, mas não deve haver nada de embaraçoso nisto. O fato é: chega um momento na vida no qual os braços dos homens e das mulheres ficam curtos demais para qualquer leitura. Danados! Até que inventem um alongador de antebraço o que nos restam são os óculos. Por tanto, vamos encarar os óculos como uma coisa boa? É isto ou usar lentes de contato, ou ficar rugas ao redor dos olhos miúdos. Óculos, né!

Particularmente acho super sexy uma pessoa, seja homem ou mulher, tirar e vestir óculos para leitura. Quero muito daqui a uns anos andar com um par pendurado no pescoço, outro na cabeça e um terceiro nos olhos, para todos os campos focais e exposições de luminosidade :0

Quem olha de fora pode sim ver charme neste acessório, basta você escolher um modelo que traduza sua segurança, sua auto estima e seu estilo. Porque todos temos isto latente dentro de nós.

Muitas marcas sacaram isto e investem pesado nos óculos para curtas distâncias, e deixaram de lado aqueles modelos “de vovô e vovó”. Bem da verdade o que você precisa neste momento é um óculos com um campo focal pequeno ou médio, ou seja, qualquer marca pode te atender. Não há um segmento específico para estes modelos. São modelos pequenos e descoladas. Eu mesma adapto óculos de leitura e saio por feliz da vida! Isto tudo para dizer que não precisa ter medo ou vergonha de entrar em uma ótica (ou comprar online), o que você quer é um par leve, pequeno e maravilhoso! Go get wild!!!

Procure seu próximo óculos com amor, ele pode fazer muito por você! E se precisar de uma mãozinha, estamos aqui!!!

Fiz uma seleção para começar a te inspirar.

*Matéria originalmente publicada na coluna de Chantal Goldfinger no Portal Opticanet.

Eyeconoclast: Iris Apfel

A adolescente mais velha do mundo. Conheça nossa Eyeconoclast: Iris Apfel

Eis Iris Barrel Apfel, uma senhora única, do Queens. Do alto dos seus noventa e muitos anos ela virou ícone de moda. ‘Virar’ é não fazer jus ao personagem que ela é e à história que ela criou para si mesma.

O mundo está homogeneizado hoje em dia. Odeio isto.

Iris Apfel faz parte do seleto grupo de mulheres que se divertem, seguem se amando e se arrumando como se o mundo fosse sua passarela, e esquecem que passaram a fase dos anos dourados, ou serão os momentos presentes os tão almejados anos dourados?

Tudo que Iris faz é com vontade e com assertividade. Quando fumava, fumava pra valer; ao se vestir, se enche de estampas, pulseiras, colares e afins; e no quesito óculos, quando soube que teria que usá-los sua reação foi: ‘Ah é, então vou buscar O óculos’. Dito e feito. O modelo “Mr Magoo” é hoje o ícone mor de Iris.

A história de Iris é interessantíssima, assim como sua personalidade. Fundou com seu marido a empresa têxtil Old World Weavers, e re-decorou a casa branca para nove presidentes: Truman, Eisenhower, Nixon, Kennedy, Johnson, Carter, Reagan, e Clinton. Foi jornalista na revista Women’s Wear Daily. Mas são seus mantras que a tornaram uma “Advanced Style Icon”.

“Go big or go home” Se for para fazer, faça direito. Se for sair na rua, chame atenção. Dinheiro nenhum compra estilo. Antes de querer ser cool ou estilosa é preciso se conhecer e a partir daí desenhar seu próprio estilo.  Estes statements são tão poderosos que fizeram dela garota propaganda da MAC, com cabelos brancos, seus óculos, e um figurino que mais parece uma roupa que ela mesma usaria para jantar com o Mr. Apfel.

Esta mesma autenticidade levou-a a desenhar uma coleção de óculos (sensacionais, 100% Iris) junto com a Eye Bob’s. Ela foi tema da exposição “Rare Bird of Fashion” no Museu Metropolitan de NYC. E neste ano ela virou tema de um documentário: Iris, claro.

Mas esta autenticidade toda não esteve sempre à flor da pele. Foi necessário um pequeno empurrãozinho e uma boa dose de coragem. Em entrevista à Vanity Fair, em Abril, Iris declarou que em entrevista para seu primeiro emprego na loja de departamento Loehmann, a fundadora disse a ela: “Você não é bonita e nunca será, mas isto não importa. Você tem uma coisa muito melhor que isto, você tem estilo”. Foi então que Iris começou esta jornada rumo à construção da melhor personagem da sua vida: ela mesma.


Já assistiu?
Tem mais