JF Rey Archives | By The Eyewear
Anos 90

Os anos 90 viram um pouco de tudo.

Teve o resgate do minimal, teve a galera que foi pro street completamente, houve alguma experimentação com cor. Viemos de um fun no final dos anos 80 com excessos por toda parte para uma década que tentou enxugar isto tudo, e trazer ordem de volta para casa. Os redondos e os metais reinaram. No quesito criação, não foi nosso melhor período, mas como tudo na vida, há esperança 🙂

Dos óculos apresentados neste terceiro editorial, o que mais se destaca é o 958 da Cazal. Meio steam punk, hiper vanguardista.

Óculos anos 80

Os anos 80 foram divertidos e notáveis em maneiras. No que diz respeito aos óculos: muitos redondos e ovais.

Nosso segundo editorial comemorando o 50º aniversário da Silmo traz Giulia de Martin usando um elegantérrimo @CutlerAndGross e um very vintage Sol Amor. Este primeiro é parte da Coleção Heirloom e foi relançado em comemoração ao 45º aniversário da sua primeira loja emblemática Knightsbridge, representando um dos marcos da marca. Ela também escolheu um modelo da Sol Amor 1946, que ressurgiu das cinzas para revisar a vibe vintage com tecnologia atual.

Jen nos mostra as linhas limpas da Daniel Hechter Eyewear, o design divertido e quase kitsch da Pierre Eyewear e o toque tecnológico da O-Six.

Martin Graf, chiquérrimo como sempre, escolheu silhuetas simples e atemporais. O primeiro é de Clement Gouverneur. A forma metálica pequena (forma clássica dos anos 80), quase industrial, é uma obra-prima de Matsuda. Outra das suas escolhas é um par tartaruga com ponte alta da Smoke x Mirrors. Por fim, com suas linhas limpas e curvas suaves, o JASPER da @MOSCOTnyc é contemporâneo e moderno.

Miguel Mazón, também colaborador do blog Laespejuelos, incorporou híper bem a vibe street dos anos 80. Um retorno aos 80 para o designer de óculos Jean-François Rey, que celebra 30 anos de criatividade com uma linha exclusiva entitulada: 1985. Para esta ocasião única, o designer francês optou por reeditar seus óculos de prescrição mais emblemáticos e óculos de sol da década de 1980, respeitando fielmente os desenhos originais. Este modelo de estilo retro “California” de @myjfrey é um modelo redondo perfeito que combina metal dourado e acetato de tartaruga. Sua outra escolha, Plus Eyewear, é muito mais simples, mas divertida e industrial, elegante para homens discretos.

Boz Eyewear: Criatividade a toda prova

“Devemos fazer história para o futuro”

A indústria tem, de certa forma, deixado um pouco de seu preciosismo para trás. A impressão 3D, os avanços tecnológicos e a máquina comercial distanciaram muitas vezes os criadores de suas próprias criações. Tendências e metas se instalam e a criatividade é posta à prova. Poucas são as marcas que não permitiram que nenhum destes fatores ‘contemporâneos’ distraíssem seu processo criativo. Boz Eyewear é uma destas joias-raras.

 

Boz eyewear

Os óculos Boz Eyewear vieram ao mundo nos anos 90 através das mãos capazes dos já renomados designers Joëlle e Jean-François Rey, da JF Rey eyewear. JF Rey já era uma marca muito forte, conhecida por criar novos limites e por transformar os óculos de grau em acessórios ultra cool nos idos dos anos 80. Cores, formas e muita ousadia sempre foram sinônimos da marca. Dito isto, os óculos Boz não eram estranhos à novidade.

Identidade, fantasia e design estão no âmago do “Boz-look”, que pode ser ornamentado com pedras, ou ser tão cru quanto acetato não polido. A essência da marca está presente em cada detalhe, e é aí que a maestria criativa e o domínio artesanal entram e desempenham um papel enorme.

Joëlle Rey é Diretora Criativa da Boz Eyewear. Antes de entrar para a indústria de óculos ela trabalhou em design de moda. Como uma costureira que começa a imaginar obras-primas de alta costura em papel cortado, o mesmo acontece com Joëlle. Ela pensa nos óculos em termos arquitetônicos. Um desenho torna-se um protótipo de papel (veja, um protótipo de papel 3D ornamentado, mais próximo ao Papier-mâché do que uma simples máscara cortada em 2D), e esse protótipo então absorve cores, texturas e volume e floresce para se tornar os óculos que conhecemos.

Tive o prazer de me sentar durante alguns minutos com Joëlle durante a última edição da feira ótica DaTe em Milão e foi movida por sua energia e paixão. Ela começou nossa conversa com uma frase muito enfática: “Temos de agir como satélites e criar e proliferar a mudança”. Bang! Sem mais ela me conquistou. Se a conversa tivesse parado ali, eu já sairia contente. Segui com minha pergunta: “Como se cria mudança num mundo de ‘ready-mades’, de ‘já visto’, de ‘copycats’, de regras editoriais e de diretrizes comerciais?” Ao que nossa musa respondeu: “Não seguimos tendências. Cor, tecidos e suas fibras orientam nosso processo. Eu observo rostos e culturas muito de perto. Eu tento vestir cada rosto com um óculos específico, e não o contrário”.

Pois bem: inovação técnica trabalhando ao lado da maestria artesanal para criar óculos realmente deslumbrantes, que desde a própria concepção foram pensados para vestir rostos, e não ideais. Passaram-se anos ​​desde o debut da primeira coleção, no entanto, Boz Eyewear ainda segue absolutamente contemporâneo, criando tendências e deixando seguidores ao longo do caminho, tal como esperado. De fato, Joëlle segue “fazendo história para o futuro”, mais uma frase que ficou do nosso breve encontro.

Mini Size, Maxi Design

Vamos ensinar nossos pimpolhos a amar óculos desde jovenzinhos, e acabar de vez com o estigma do “4-olhos”, e do desconforto de ser agitado e ter usar óculos que não veste como uma luva? Embarque nesta viagem: Mini Size, Maxi Design.

A marca francesa JF Rey lançou uma linha com tecnologia patenteada com soluções para todos estes traumas ligados à infância. As hastes são ajustáveis (no comprimento) e com isto se adaptam perfeitamente à morfologia das crianças.

São três níveis e o ajuste é tão fácil que pode ser feito em casa. A vantagem: os óculos duram mais tempo durante esta fase em que eles crescem enlouquecidamente, o que significa: menos tempo se adaptando a novos modelos. As armações apresentam design e cores divertidas e leves. Vá em frente, JUST AJUST!


Já assistiu?
This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Tem mais