Street Style Archives | By The Eyewear
London Street Style

O melhor da moda de rua, opa, o melhor do STREET STYLE SPECS de Londres por Leo Faria.

Os nosso olhos em Londres, aka, o fotógrafo mago, Leo Faria nos mandou uma seleção dos óculos mais lindos e irreverentes que foram vistos nas ruas de Londres durante a semana de moda de 2018. Já mencionamos, mas vale lembrar: a moda é você quem faz, dito isto, a melhor moda e as melhores inspirações estão nas ruas, e não nas passarelas.

O que ficou claro para nós:

A vibe 70s segue firme nos óculos ovais imensos e nas famosas lentes coloridas bem clarinhas. Se você, caro leitor, está de fato nos acompanhado, sabe melhor que ninguém que as lentes claras saíram do Coachella, invadiram o mundo e esta invasão parece que durará algumas temporadas, então vá lá, escolha um shape que você ama e coloque uma lente clarinha colorida.

Os gatinhos também terão vida MUITO longa! Já os mini óculos que vimos com muita força em NYC e no final do ano (em todos os posts dos famosos), parecem estar lentamente fazendo sua tão esperada saída de cena.

Semana que vem iremos para Milão com o Leo 🙂

 

NY Street Style

Algumas coisas que você, leitor, já deve saber: o melhor termômetro para moda real e tendências que irão ficar é o Street Style, e ninguém melhor e com olhar mais apurado do que o fotógrafo especialista no tema, Leo Faria. Sorte a nossa de termos ele como colaborador no quesito Street Style Specs em todas as semanas de moda! Vai ser lindo.

A Vogue Mexico e a Vogue América não conseguem se conter quando o assunto são specs. Ambas já alegaram em diversas ocasiões que este acessório, seja ‘nerdy, da vovó, quarto olhos’, WHAT EVER, é o mais cool da temporada e me arrisco a dizer que é o mal cool ponto. Dito isto, as pessoas estão começando a pescar este ‘trend’ e estamos vendo uma variedade bacanérrima de óculos nas ruas, como nos mostra Leo Faria nas fotos a seguir.

Durante #NYFW três macro tendências estavam em evidência:

Lentes coloridas

Não importa o shape dos óculos, o material ou a cor, mas as lentes coloridas, principalmente as amarelas seguem firmes. Isto meu bem, não é apenas uma tendência Coachella, isto veio para ficar. E sempre digo, as lentes coloridas são um calmante instantâneo, porque cortam a luz mais forte, e acalmam, mesmo. Não é hippie, é contemporâneo, aliás, vimos as lentes coloridas no desfile do Jeremy Scott (collab com Alain Mikli). Então, invista em um par.

Os gatinhos

Este hype ao redor do modelo gatinho vem lá de trás da collab de Adam Selman com Le Specs, lembram? E ganhou corpo, novas formas, novas cores e segue firmão. Verdade seja dita os gatinhos são um dos melhores modelos para as mulheres, porque levantam a expressão e enfeitam.

90s vibe

De novo, uma tendência presente em alguns desfiles, principalmente Alexander Wang, esta coisa grunge-urbana anos 90. Considero os óculos mais retangulares e pesados 90s total. E são bacana, viraram cult e statemente, vide o que está na rua.

 

 

Quer entrar para o universo do Valentino?

A sofisticação da Valentino vista pelos olhos de uma mulher contemporânea.

Valentino virou sinônimo de elegância. Por muito tempo a marca estava mais associada às grand-dames do que às jovens trendsetters. Usar um Valentino era poder permear pelo mundo do luxo e da alta costura, envelopada no crème de la crème da moda internacional.

Passados alguns anos a marca levou seu glamour a uma turma de meninas descoladas que sabem muito bem o que querem. Olhares atentos começaram a ver os famosos scarpins desfilando pelas semanas de moda internacionais, fazendo dobradinha com as clutches multicoloridas, também da coleção Rockstud.

Em meio a esta digamos, abertura da marca, rumo à conquista do Street Style, não é de se estranhar que os óculos tenham ganhado força conquistado seu espaço (literalmente) ao sol. O ensaio a seguir mostra esta nossa figura feminina, audaciosa, e confiante no seu habitat.

A narrativa gira em torno da ocupação do espaço. Da criação dos diálogos que construímos com um simples olhar, e como os óculos são players principais quando visamos construir alter egos e personagens quando ninguém está olhando, ou quando queremos chamar a atenção usando de artefatos que as mulheres dominam tão bem.

Da mesma forma como a Valentino se apropria de shapes icônicos a lá Jackie O e o eterno aviador, e os reinventa, adequando-os à moda atual, nós também nos permitimos apropriar de um espaço onde a arte é cultuada, para inserir nele nossa personagem que flutua, brinca, e passeia como se estivesse sozinha, flertando com as telas.

*** PROMOÇÃO ENCERRADA***

Temos uma vencedora, parabéns Beatriz. Queremos te ver mostrando o que você tem de melhor com seu novo melhor amigo no rosto 🙂

Gostou? Quer entrar para este universo temático cheio de atitude e feminilidade? Então vamos lá… Nós do BTE junto com a Marchon Brasil queremos saber como um óculos Valentino pode te ajudar a enaltecer o que você tem de melhor.

Para participar basta responder, no final desta página, na seção LEAVE A REPLY. O autor da melhor resposta vai levar para casa um mega presentão, para fazer do mundo sua passarela: um óculos de sol Valentino A/W 2016. O resultado sai dia 29 de janeiro aqui mesmo.

Veja o regulamento neste link.

Siga a Marchon no Instagram e no Facebook para ficar por dentro das novidades.

 

Boa sorte!

Detalhes

Olhar: Tatiana Viana (@tativiana1)

Modelo: Clarissa Wagner (@clarissawagner)

Cenário: Blau Projects (@blauprojects)

Exposição: Bruno Drolshagen 

 

Day 1

Começou a temporada do #NYFW

Como acontece todos os anos, os fashionistas, os blogueiros e os wanna bes, os trensetters e trend hunters, juntam todas as suas melhores peças, roupas mais esquisitas, acessórios e statement pieces’e os levam para desfilar, seja nos front rows ou nas ruas de Manhattan.

Day 1: Street Style é uma moda à parte. E é tão divertida quanto o que acontece nas passarelas oficiais.

Ainda está quente em NY, então as jaquetinhas ficaram em casa e abriram espaço para as saias mídi, regatas, franjas, listras e pois. A chuva não impediu que fashionistas fossem fotografados, e fez do trench coat e dos guarda chuvas, acessórios chave. O tempo nublado impediu (coisa chata) alguns de usar óculos, mas quem tem estilo não liga para isso!

Novidade deste ano: Os desfiles não estão mais concentrados no Lincoln Center, o que significa bater muita perna entre um desfile e outro, os quais podem acontecer desde o Soho até Mid Town. Sorte nossa, pois temos mais chance de flagrar “who’s who” caminhado apressados, com celulares à mão, como se nada fosse, rumo aos eventos.

Amanhã tem mais.

Eyeconoclast: Françoise Hardy

Original Street Style Star: Françoise Hardy

https://en.wikipedia.org/wiki/Brigitte_Bardot

Contemporânea de deusas francesas e loiras como Sylvie Vartan e Brigitte Bardot, a jovem cantora, atriz e modelo Françoise Hardy trilhou seu próprio caminho. Descrita por Mick Jagger como “a mulher ideal” e tida por muitos como a anti-Bardot, Hardy mudou o comportamento das adolescentes.

Todos queriam o frescor e o ar sexy da jovem que, embora tímida, desfilava de mini saia com uma classe ímpar. Não fumava, não usava rouge nos lábios e se estivesse com vontade de ir a soirées com pantalonas, não pediria sua permissão.

Seu estilo varreu a moda nos anos 60 e Diana Vreeland cunhou o termo “Youthquake” para descrever o efeito devastador-Hardy na moda e no comportamento da época. Em 1962 ela conquistou o mundo com o hit “Tous les garçons et les filles”, e de lá para cá continua sendo personagem constante em mood boards de estilistas e no front row de desfiles para os quais ela mesma já emprestou sua figura.

 I don’t dance at all—except in my mind always._Hardy

Save

Afropunk Music Festival

Já ouviu falar no Afropunk?

Sem causar muitos estardalhaço, o festival Afropunk Music Festival vem ganhado voz e corpo no Commodore Barry Park, no Brooklyn, como um festival da música alternativa de calibre internacional.

Construído sobre os pilares de igualdade e inclusão, com ênfase na diversidade, o conceito do festival em si estimula as pessoas a desfilarem suas identidades, tatoos, cabelos ultra trabalhados e óculos mega descolados.

A cada ano as atrações musicais ficam mais interessantes e as performances mais ousadas. Uma turma de peso tomou conta do groove do parque, dentre os quais: Lenny KravitzGrace JonesKelisLauryn HillGary Clark, Jr. Mas o que realmente chamou a atenção dos fotógrafos e da mídia em geral foram os looks bem criativos e cheios de atitude que por lá passaram.

BTE_Afropunk Music Festival

BTE_Afropunk Music Festival

BTE_Afropunk Music Festival

BTE_Afropunk Music Festival_Homem de óculos escuro e bandana

Photos: Kathleen Caulderwood, Village Voice

Dior invadiu o street style

Se fôssemos colocar uma data para esta primeira etapa da ‘invasão’ seria 2014, quando a rainha Rihrhi apareceu com o So Real, espelhadásso, futurista, com a ponte elevada, e aquele porte que só a rainha malcriada do pop tem.

Matadora! Foi o pontapé inicial. Se a Kim Kardashian “Quebrou a Internet” com sua foto na Paper Mag, digamos que a entrada triunfal da Rhianna com seu So Real no desfile da Dior em 2014 teve o mesmo efeito cascata.

Os óculos (que não são baratos) começaram a pipocar nos rostos de ‘quem interessa’: de Anna Dello Russo a Olivia Palermo, passando por Emma Stone e as próprias Kardashians. Todos embarcaram na onda do So Real. Tanto é verdade que não tardou até que a marca lançasse o modelo em diversas combinações de metal e com a lente bi-color.

O furor foi tamanho, que o So Real abriu alas para outras criações como o Dior Technologic, Dior Mirrored, Dior Reflected, Dior Abstract… Dior whatever you want!!!

Até eu cedi… a moda pega!


Já assistiu?
Tem mais