Toms Archives | By The Eyewear
Usar óculos faz bem, literalmente

Fazer o bem e ter uma boa história para contar aos amigos no bar é tipo #cool, né, Millenials? Pois bem, agora não precisam mais justificar o uso dos óculos de materiais naturais, biodegradáveis, ou reciclados, como sendo uma atitude sustentável ou modismo, apenas. Além da escolha ser de fato consciente e bacanuda (e você ser mais descolado que seus amigos coxinhas), agora as marcas mais ‘corretas’ da temporada também fazem o bem!

Viu só como é bom usar óculos?

Solo

Compre um, doe um!

A marca de San Diego, conhecida pela produção focada em peças de bamboo e acetato biodegradável, agora doa um óculos de grau para uma pessoa que esteja precisando da peça. A ação/reação é automática e acontece com todas as compras feitas no site ou em lojas físicas.

Proof

Em prol da natureza.

Dado que a materia prima da Proof são madeira e bamboo, a marca optou por destinar parte da verba das vendas de óculos a projetos de preservação e reflorestamento em áreas como Índia e Haiti.

Toms

Buy one, and do good.

Toms virou sinónimo de cool slip-ons (vulgo nossa alpargata), mas, não obstante em oferecer sapatos acessíveis e confortáveis, a marca migrou para o mundo dos óculos, com modelos simples, sem logo, e funcionais, como era de se esperar. Para cada óculos comprado a marca proporciona um exame oftalmológico seguido de tratamento e/ou doação de um óculos de grau para uma pessoa que não possa pagar.

Hout Couture

Fashion with roots.

Hout em Afrikaans significa madeira, e não haute, meu bem! Os óculos são todos feitos, obviamente, de madeira. O trabalho é super artesanal e nenhuma peça é igual à outra. Para cada óculos vendido uma árvore será plantada na área que abrange o projeto social Eco-School na África do Sul.

Westward Leaning

Doação mais sutil.

Todas as armações da WWL trazem um pequeno detalhe quadradinho nas hastes que simbolizam uma causa ou uma caridade. Logo, ao menos 10% do valor de cada peça é doado à causa em questão. Lembram da collab da Olivia Palermo e WWL (veja aqui), o detalhe na haste dos óculos desta coleção representam a ONG ADCAM que preserva a cultura dos Massai. Chique é fazer o bem, meu bem!

Panda

Nem só de óculos de bamboo e policarbonato reciclado se faz uma marca.

Junto com a associação Optometry Giving Sight, a Panda, de Georgetown, financia um exame oftalmológico para alguém que não possa pagar.

Warby Parker

A WP é a pioneira no esquema compre um, e doe um, e o fazem muito bem!

Livo

Um Livo por um livro.

Por aqui também temos iniciativas nossas. A Livo, marca paulistana, descolada, e autêntica, tem seu próprio programa de fomento à educação. Logo: um Livo por um livro. Touché!

Oscar & Frank

Para o melhor amigo do homem.

Para cada óculos vendido a marca financia uma semana de alimento para um cachorro abandonado que esteja morando em um abrigo apoiado pela marca. Ah, e claro que os garotos-propaganda da marca são os salsichas mais fofos do mundo todo! Aw!!!

 

As melhores óticas de NY Parte 2

Voltei de mais uma temporada em NYC, desta vez literalmente vasculhando o que a cidade tem de melhor no quesito eyewear, e como de costume preciso atualizar nosso guide, com as lojas que você não pode deixar de conhecer.

Punto Ottico Humaneyes

Uma vitrine tímida no Upper East esconde segredos dignos de uma galeria de arte. A loja é intimista, a exposição dos produtos é cuidadosamente pensada e super bem ilumiados como em uma galeria. Tudo separado por COR! Também, pudera, as peças que lá estão não são nada menos que peças esculturais. O foco está nas marcas independentes, e em novas apostas. Por lá encontramos, por exemplo: Vava, Jacques Durand, Masahiro Maruyama, Theo, Veronika Wildgruber , dentre alguns outros selecionados a dedo. O atendimento é impecável. Sem pressa, sem baboseiras de formato de rosto e sem usar a palavra “tendência”!

Three Monkeys Eyewear

Super descolada esta loja no Soho foi um achado surpreendente. As peças são bem trendy, e a seleção é enorme. O mais bacana é que tudo fica organizado por shape!!! As marcas que forram as paredes são, por exemplo: 40 million, Komono, Super, Toms e a própria 3 Monkeys. Os valores também são bárbaros, sem contar que fica em uma rua deliciosa.

ArtSee

São dois endereços, um em NYC e um em Miami. A loja já virou sinônimo de bom gosto e exclusividade dentre os #SpecsAddicts. O select vai de LA Eyeworks a Oliver Goldsmith vintage passando por Kirk & Kirk e Blake Kuwahara. São poucas peças, todas super atuais e muitas delas especiais ou numeradas. O atendimento é sublime. Incido esta loja para quem quer uma peça específica e não consegue encontrar ou para quem está em dúvida e quer ver além. Julio vai te ajudar!

Anne Et Valentin 

Adoro entrar nas lojas da Anne et Valentin. Pouquíssimos produtos expostos e atendimento excepcional. Só após um bate papo é que o vendedor começa a mostrar as peças que se encaixam no seu desejo, ou na sua personalidade. Mas não pense que virão aviadores ou pantos. O mix de mercadorias é bem diversificado, com muitos shapes inusitados, metais, acetatos e coes vibrantes. Além de várias peças Anne et Valentin, as lojas também vendem Jean Philippe Joly, Kuboraum, Jacques Marie Mage e Theo.


Já assistiu?
Tem mais